8 de out de 2013

RDC 275/2002 Modelo de Instrução de Trabalho

Instruções de trabalho foram popularizadas nas empresas pelas normas de gestão ISO 9001. A ANVISA seguiu o exemplo e definiu o mesmo tipo de estrutura e nomenclatura de documentos (manual, procedimentos operacionais padronizados e instruções de trabalho) e registros (formulários, atas e relatórios de controle) no programa de Boas Práticas de Fabricação.

Ao escrever uma Instrução de Trabalho devemos atender os requisitos da RDC 275/2002, que recomenda:

4.1.2 Os POPs devem ser aprovados, datados e assinados pelo responsável técnico, responsável pela operação, responsável legal e ou proprietário do estabelecimento, firmando o compromisso de implementação, monitoramento, avaliação, registro e manutenção dos mesmos.
4.1.3 A frequência das operações e nome, cargo e ou função dos responsáveis por sua execução devem estar especificados em cada POP.
4.1.4 Os funcionários devem estar devidamente capacitados para execução dos POPs.
4.1.5 Quando aplicável, os POPs devem relacionar os materiais necessários para a realização das operações assim como os Equipamentos de Proteção Individual.
4.1.6 Os POPs devem estar acessíveis aos responsáveis pela execução das operações e às autoridades sanitárias.


A ANVISA não exige a nomenclatura POPs e ITs e em pequenas e médias empresas, para não confundir os colaboradores, podemos usar apenas o termo Instrução de Trabalho, desde que atendidas todas as recomendações da RDC 275/2002 quanto à sua elaboração e controle.

Veja um modelo de Instrução de Trabalho que exemplifica o que deve ser feito para facilitar o trabalho do operador, sem complicar. Assim atendemos a legislação e organizamos a empresa: Modelo de IT



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário